Páginas

Ovnis/Osnis e as curiosidades do Universo.

Ovnis/Osnis e as curiosidades do Universo.

Pesquisar conteúdos do blog

Carregando...

terça-feira, 16 de março de 2010

Relatos de pessoas que viram uma luz verde que cortou o céu de Brasília!


O misterioso facho de luz verde que cortou o céu de Brasília na noite de sábado (7/3) foi visto no Distrito Federal, Goiás e cidades mineiras próximas à capital do país. Após publicação da reportagem no Correio Braziliense desta terça-feira (10/3), surgiram novas testemunhas do fenômeno. Além das 12 pessoas entrevistadas pela equipe do jornal ontem (9/3), outras 48 enviaram e-mail contando detalhes do objeto voador não identificado (ovni) até às 19h20 de hoje.

Incredulidade e vergonha de contar aos outros foram as primeiras reações de muitas das pessoas que viram a luz verde.
Astrônomos acreditam que o ovni, com brilho e comportamento bem diferentes de um avião, se trata de um meteorito ou pedaço desgarrado do cometa Lulin. Equipamentos da Universidade de Brasília (UnB) registraram um sinal ainda não explicado no nordeste de Goiás.
Confira alguns relatos:

"Lendo a reportagem hoje sobre o objeto que passou nos céus de Brasília, lembrei-me que vi um objeto idêntico ao relatado por volta das 20h/ 20h30 na noite de sábado. Era muito bonito e chamou minha atenção. A princípio, pensei se tratar de pirotecnia de fogos de artifício, porém com o artigo no jornal, percebi se tratar de algo diferente. Eu estava esperando um amigo no portão da casa dele quando olhei numa direção (leste) rumo ao Plano Piloto e vi. O feixe de luz ia do sul ao norte. Foi passando e o como tinha um prédio na frete, ele entrou por trás do prédio e sumiu. Ressalto que a bola com uma cauda e rastro com feixe de luz verde era realmente muito bonito"
André Luiz, morador do Recanto das Emas

"Moro no Condomínio Mansões Itaipu, no Lago Sul, e também ví nitidamente o objeto, por volta do mesmo horário, mas não sei precisar a hora. Eu estava deitada e fui atraída por uma bola de forte luz verde fosforecente, que se movimentava rapidamente entre as árvores. Como não fazia barulho, conclui não se tratar de um avião ou helicoptero. Me aproximei da janela, mas o objeto já havia desaparecido. No domingo procurei na internet algum relato sobre o acontecido. Bacana que outras pessoas também o viram."
Emily Santoucy, moradora do condomínio Mansões Itaipu, Lago Sul

"Olá, gostaria de informar que no mesmo dia em que cita a matéria do Correio meu pai e meu tio avistaram esse mesmo fenômeno. Eles estavam em Luziânia pescando, e quando chegaram em casa contaram que por volta das 19h30 avistaram a luz colorida. Primeiro pensaram ser um estrela cadente, mas como demorou ficaram impressionados!"
Augusto Henrique, morador do Guará II

"Temos uma chácara que fica mais ou menos a 18 km antes de Cocalzinho de Goiás. Entre 19h e 20h3, estávamos jantando na varanda externa, quando vi uma luz imensa, de cor esverdeada, azulada (a cor era maio indescritível), aparecer sobre um morro fronteiriço. De imediato, pensei que era um helicóptero com refletor, sobrevoandos a rodovia que fica naquela direção. Deu a impressão que ele ou virou em nossa diração em altíssima velocidade ou somente aumentou o brilho, e logo em seguida, desapareceu atrás do morro, sob exclamações de espanto minha, de meu filho de 12 anos, meu cunhado e outros. E, realmente, ficamos hipnotizados olhando naquela direção, esperando o estrondo da queda, tremor de terra, sei lá... Só sei que ficamos ali parados aguardando acontecer alguma coisa porque tínhamos a impressão que teria caído logo ali perto. Foi uma visão fantástica! Passamos longo tempo conjecturando sobre a luz e domingo procuramos assistir aos telejornais para ver se falavam sobre a “luz”, mas nada foi noticiado, somente hoje vi a notícia no Correio."
Afonso M. de Morais, servidor federal

"Fui buscar meu filho na casa de um amiguinho dele e estava voltando para casa. Era por volta de 19h20 quando ele gritou ‘Papai, olha um disco voador!’. Parei o carro no acostamento da DF-001 (próximo aos condomínios do Jardim Botânico) e vimos a luz verde cruzar o céu em uma velocidade muito alta. Depois sumiu. Pensei que fosse um avião caindo. Mas foi muito bonito."
Lyel Campanatti, servidor público, 42 anos

"Eu estava andando de carro com o meu pai, aí do nada uma luz brilhante apareceu no céu e durou uns três segundos e meu pai parou o carro. E do nada, a luz sumiu. Eu achei que era uma estrela cadente. Era um verde escuro. Contei na escola, mas ninguém acreditou. No céu, só tinha visto lua e estrela."
Caio, 9 anos, filho do servidor Lyel Campanatti

"Eu estava voltando da casa da minha amiga, no carro da mamãe quando olhei pela janela e vi um negócio verdinho passando no céu. Eu falei assim: ‘Mamãe, mamãe, olha o negócio verde voando. Aí passou uma arvore e sumiu, ela não viu. Pensei que fosse uma estrela brilhosa. Papai e meu irmão também viram."
Luara, 6 anos, filha do servidor Lyel Campanatti

"Eu estava com três amigos na praça (em um condomínio do Grande Colorado) e vi aquele troço no céu. Pensei que fosse uma estrela candente. Eu já tinha visto algo parecido, mas não verde daquele jeito. Pensei que era, sei lá, um alienígena. Olhei e vi tudo verde, aí pensei: ‘Ué, o que é isso?’ O povo achou que tava doido. Contei para minha mãe quando cheguei em casa, mas ninguém acreditou."
Pedro Henrique Domingues, 16 anos, estudante

"Eu estava no churrasco do meu aniversário no Lago Sul quando vi a luz e levei um susto. Foi uma claridade muito grande. Era como se fosse uma estrela cadente, mas bem mais forte. Era amarelada. Passou e ficou muito tempo, parecia uma bola de fogo. Achei estranho porque estrela cadente cai fininha, mas o que eu vi foi bem mais forte."
Leandra Cristina Morais, 33 anos, contadora

"Eu estava de carro, parado em um semáforo do Eixo Monumental em frente ao Palácio do Buriti. Tinha um pouco de nuvem no céu, estava bem escuro. De repente, veio um rastro verde muito intenso. Não era nada pequeno, era muito grande. E o rastro ficou ao longo do percurso dele. Pensei que era uma estrela candente, mas era muito baixo, grande e luminoso, algo florescente. Parecia uma criptonita."
Daniel Ferreira, 28 anos, fotógrafo

"Eu estava num caro da polícia com outro delegado. A gente voltava de uma fazenda em Iaciara (GO), onde investigávamos roubo de gado. Atrás ia outro carro com três PMs. Era umas 21h30, quando, na estrada entre Aciara e Divinópolis, cruzou na nossa frente esse facho de luz, a mais ou menos 1km. O que me deixou intrigado foi o modo que percorreu o céu, de forma retilínea. No fim, deu um pouco de cauda. Não tinha som",
André Fernandes de Almeida, delegado regional de Posse (GO)

Bom, sou morador da cidade ocidentl, e estava chegando em casa com minha esposa, meu filho e minha afilhada, quando virei a rua da minha casa minha esposa gritou olha, lá no céu, parei o carro e todos olhamos, vimos realmente a luz verde no céu, mas em seguida ela tipo explodiu, e transformou-se em uma quantidade de faíscas, que se apagou com muita rapidez, realmente gostaria muito de saber o que era, pois era lindo.
Wanderson Clayton Mesquita do Amaral

Olá eu moro no Gama, estavamos eu e minha filha de 17 anos dentro do carro aguardando minha amiga para sairmos quando vimos aquele espetáculo no céu do DF, era uma bola verde com uma cauda, foi divino ficamos encantadas, aliás essa não é a primeira vez que eu vejo, ano passado quando estava indo a faculdade a noite também presenciei esse mesmo fenomeno, estavamos em 5 pessoas no carro e apenas eu vi, já no sabado foi diferente eu, minha filha e o sobrinho da minha amiga vimos, foi fantástico.
Teófila Arnor de Araújo - servidora pública.

Estava voltando da rodoferroviária, porque fui pegar uma amiga que havia chegado do interior de São Paulo. Era mais ou menos 19h40, quando contornei o autódromo rumo ao Uniceub e eu e minha amiga vimos a luminosidade percorrer o céu. Assim como as descrições que li das outras pessoas, era uma luz verde bem brilhante. Foi rápido, e a velocidade da luz jamais poderia ser de um avião, pois pela distância do objeto, se fosse um avião, teria uma velocidade menor. Além do mais, a luz era intensamente brilhante. Parecia um desses fogos de artifício, só que com apenas com um foco de luz. Ele se deslocou com velocidade e sumiu atrás das nuvens. Ficamos um pouco assustadas e intrigadas. Mas logo pensei que poderia ser um meteorito. Só hoje é que vi a reportagem do Correio Brasiliense e fiquei surpresa de tantos também terem visto.
Mariana Cortes

No dia do clarão verde meio azulado, que rasgou o céu do DF, eu, minha namorada e mais três pescadores estávamos no Clube Caça e Pesca e vimos o clarão que com certeza não era avião ou qualquer veículo conhecido por nós. Foi realmente algo que entrou na atmosfera, pois antes deste OVNI entrar, o céu, que estava fechado, por causa do tempo chuvoso, e abriu algo como um buraco. Foi lindo e inigualável, ficamos todos emocionados e foi a única coisa boa que ocorreu naquela pescaria.
Higor Casella

Estávamos eu, meu marido e o meu filho Fábio Macedo vendo TV. Por volta das 20h meu filho se levantou, foi até a janela da sala e em seguida nos chamou: “corre aqui, vem ver!” Me levantei, cheguei até a janela e lá em frente à minha janela da direita para a esquerda, vinha vindo uma bola grande verde em sentido horizontal, soltando brilhos, faíscas verdes florescentes misturados com poucos tons brancos, mas o verde predominava, fiquei olhando estática. Nunca havia visto um negócio desse tamanho no céu. Contei para algumas pessoas , mas vi que ninguém acreditou, uns diziam que era balão, outros, estrela cadente. Mas desse tamanho? E verde? Mas quando vi a reportagem no Correio, percebi que não era só eu.
Lucy Macedo, moradora da Octogonal

Estávamos numa festa, conversando no jardim, quando olhamos para o céu e algo nos chamou atenção. Sua cor era verde fluorescente, parecia uma estrela cadente. O céu estava limpo, isso facilitou nossa visão. Chamei todos para olhar e nós ficamos impressionados pensando o que era aquilo, pois não é todo dia que vemos algo desconhecido caindo do céu. Ficamos pensando em várias hipóteses do que poderia ser aquilo, um cometa, um meteorito ou um OVNI.
Lucas Basílio

Eu também vi o suposto meteorito no céu de Brasília. Eu estava dirigindo pelo Setor de Embaixadas Sul, subindo para a L2, na altura do Big Box. Avistei uma luz com uma cauda. Foi bem rápido, mas antes de desaparecer soltou algumas faísca, como fogos de artifício, só que muito alto e quase em linha reta. Achei que aquilo fosse cair próximo ao Cruzeiro.
Evandro Rinaldi Vieira

Eu e meu marido visualizamos a luz verde no céu de Brasília. Estávamos saindo da Estrutural no momento (sentido Taguatinga - Plano Piloto). Inicialmente, pensamos se tratar de fogos de artifício, mas a luz simplesmente sumiu na nuvem, sem qualquer barulho. Então imaginamos que seria um cometa, sei lá. Bem, o detalhe é que vimos. E logo depois surgiu um avião entre as nuvens. A cena foi bonita, pena que não deu para filmar ou fotografar porque estávamos de moto...
Caroline Xavier

Estávamos indo para a Granja do Torto para a festa de Folia de Reis. Eu estava dirigindo o carro na altura do Carrefour em direção à Sobradinho quando avistei algo cortando o céu como se fosse um cometa, com uma calda bem brilhante e verde. Perguntei para a minha sogra se ela estava vendo e ela disse que sim. Era bem maior do que o que chamamos de estrela cadente (ou meteoritos) que estamos acostumados a ver nos céus. Ele veio do céu no sentido Asa Norte/Sobradinho em alta velocidade e desapareceu sem deixar vestígios.
Genivaldo Oliveira Garcia, Policial Militar do DF

Eu, meu marido e um casal de amigos estávamos conversando na varanda da casa deles na QI 9 no Lago Sul, quando o Walter (dono da casa) viu o "meteorito" e nos chamou a atenção. Nos levantamos e vimos um objeto comprido, verde, com uma cauda vermelha, cruzando o céu de Brasília numa velocidade assustadora. Não ouvimos nenhum barulho e ficamos esperando por uma explosão. Mas nada aconteceu. Foi como se tivesse desaparecido. Foi incrível! Pensamos em mil hipóteses. Contamos pra um monte de gente que encontramos no domingo. Agora podemos comprovar que não estávamos loucos.
Maria Valéria Barroso

Eu vi o objeto voador. Fui até a varanda da minha casa (SHIS. QL.20) e vi um objeto verde com uma cauda amarela, fazendo uma trajetória linear. Achei que era um avião em chamas. Deu tempo de verificar que não era um avião, tinha uma forma parecida com uma estrela de David e uma cauda longa e dourada. Não parecia uma estrela cadente, era mais lenta e não caia.
Claudia Gutemberg

Também vi esta luz verde no céu de Brasília no sábado por volta de 19h20 na região entre o Catetinho e o CAUB. Eu estava dirigindo rumo a minha casa em Santa Maria quando vi a luz verde e tomei um grande susto, notei também que o carro que seguia na faixa ao meu lado diminuiu a velocidade assim como eu, que fiquei muito assustada e esperei que uma tragédia fosse acontecer, pois tive a impressão que aquele objeto cairia sob nossas cabeças, era uma bola de fogo verde e brilhante que se desfez rapidamente. Fiquei sem entender nada, mas quando o susto passou imaginei que fui contemplada com uma cena que poucos viram e que também poucos acreditariam se eu contasse. Bom ler esta matéria e saber que outros também viram a tal luz, porque eu estava sem entender nada.

2 comentários:

  1. HJ EU VI AQUI EM BH UMA LUZ VERDE NO CEU , ERA 7 E MEIA DA NOITE, QUANDO VI UMA LUZ RAPIDA E EM LINHA RETA NO CEU...

    ResponderExcluir
  2. Olá, Sou fan destes assuntos! Busco novas informações sobre vida extraterrestre, alguem sabe novidades? hsuah Eu gostaria de ir na viajem para Marte que sera feita! Keely Ciechovicz

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...